Resenhas

Psychotic Eyes - 2018 - Olhos Vermelhos (EP)

Por André BG | Em 04/03/2019 - 02:33
Fonte: Alquimia Rock Club

A capa do álbum foi assinada pela artista-plástica Nua Estrela, confira os detalhes sobre a concepção da arte aqui

 

Conhecida por seu Death Metal recheado de influências diversas e peculiares, o Psychotic Eyes é uma banda bem acostumada a fugir do comum quando o assunto é compor e gravar, já tendo inclusive gravado uma mais que corajosa e no mínimo ousada versão para o clássico “Geni e o Zepelim” de Chico Buarque em seu último álbum I Only Smile Behind The Mask de 2011. 

 

Passados mais de cinco anos do lançamento de seu bem sucedido último álbum a banda atualmente formada por Dimitri Brandi, (vocal/guitarra/violão) e Douglas Gatuso (baixo/violão/vocal) surpreendeu novamente ao anunciar no fim de 2016 a produção de Olhos Vermelhos, considerado o primeiro álbum de Death Metal totalmente acústico da história, que foi lançado no fim do ano passado, exatamente no dia do aniversário de 17 anos da morte de Chuck Schuldiner do Death (13 de dezembro), certamente a maior influencia do Psychotic Eyes e a quem a banda fez questão de dedicar o trabalho.

 

Mixado e masterizado no estúdio HBC Records em Guarulhos/SP por Humberto Belozupko, Olhos Vermelhos na verdade é um EP contendo quatro faixas, sendo a primeira a faixa titulo contando com letra em português, logo de cara o ouvinte já pode notar que está diante de um som único e no mínimo peculiar, a agressividade típica do estilo ainda está presente, mas de uma forma bem diferente, com os vocais guturais e carregados de sofrimento e ódio que continuam a dar o tom característico do estilo, obviamente que não há bateria, baixo ou guitarras distorcidas, mas pra quem tem o costume de ouvir Death Metal, é possível sentir o clima macabro e de sofrimento empregado na composição da música, mesmo apenas com violões, o que também vale para as demais faixas que nada mais são que versões de outras músicas da banda, obviamente com uma roupagem totalmente diferente, sendo elas “Dying Grief” e “Life” do álbum I Only Smile Behind The Mask e "The Hand of Fate" do álbum de estreia autointitulado. 

 

Obviamente que esse EP foi feito com o proposito de se fugir do comum, sendo assim, o ouvinte acostumado a ouvir o Psychotic Eyes deve ouvir Olhos Vermelhos de uma forma mais descompromissada e com a mente um pouco mais aberta para algo diferente, mesmo diante de uma banda acostumada a experimentar, como é o Psychotic Eyes, mas sem subestimar ou menosprezar o trabalho, que tem suas qualidades, além de toda a criatividade e inovação presente, porém, sabendo que a banda deve voltar ao seu formato normal (que já não é algo muito comum dentro do Death Metal) em seu próximo lançamento. 

 

 

Ouça "Olhos Vermelhos" na íntegra no Youtube: https://www.youtube.com/playlist?list=PLQ-eSaID7Q18T2DUxZ-jd9Mh95HndSTd_ 

 

 

Faixas:

 

1- Olhos Vermelhos 

2- Dying Grief

3- The Hand of Fate

4- Life

 

 

Foto: Bolívia e Cátia Rock
 
 
Mais Informações:  
 
Gestão de Carreira e Press Release: 
Eliton Tomasi - SOM DO DARMA
(15) 99134-3443
 


André BG

Atual Editor Chefe

Apenas um cara que curte futebol, mulher e Rock 'n' Roll, bebe cerveja e torce para o Palmeiras!

Facebook: https://www.facebook.com/andre.alvesbg.5 

Instagram: https://www.instagram.com/andrealvesbg/




blog comments powered by Disqus