Entrevistas

Distopia: “no geral podemos dizer que foi uma recepção positiva”

Por André BG | Em 14/03/2019 - 13:58
Fonte: Alquimia Rock Club

Fotos: João Silva (@fotografojoaosilva)

 

Divulgando seu álbum de estreia autointitulado lançado em 2017, a banda de Rock Alternativo Distopia, de Porto Velho/RO, atualmente formada por Hugo Borges (vocais), Vandrin Rodrigues (vocais e guitarra), Rafini Root (guitarra), Mikeias Belfort (baixo), Renan Lima (bateria) concedeu uma entrevista exclusiva para o Alquimia Rock Club. Confira abaixo o bate-papo com o vocalista e guitarrista Vandrin Rodrigues:

 

Alquimia Rock Club: Primeiramente, gostaríamos de agradecer por concederem essa entrevista para o Alquimia Rock Club. Vamos começar falando um pouco sobre a Distopia, para quem ainda não conhece a banda. Como e quando vocês começaram e quais são as influências e propostas da banda?

 

Vandrin Rodrigues: Eu (Vandrin Rodrigues) me reuni à primeira vez com o Hélio Vieira (compositor) por volta de 2016 pra discutir as propostas do que viria a ser a Distopia. A princípio a banda teve início conosco e entramos em contato com o Hugo Borges pra gravar o primeiro disco no estúdio Play Sonora, na época a ideia era valorizar o cenário regional e com isso chamamos alguns nomes da cidade para fazerem parte do processo de gravação, nomes estes que acabaram se tornando no ano de 2018 a formação definitiva da banda. Fazemos de nossas influências a escola que cada um teve no processo de aprender a tocar seu instrumento. O Hugo sempre tocou Rock Clássico nas noites de Porto Velho, algumas vezes até mesmo junto do Mikeias. Renan Lima também é músico profissional da noite. Ráfini Root já fez parte de várias bandas da cidade e já era "Nerd" de estúdio quando o conhecemos.

 

Alquimia Rock Club: Vocês lançaram em 2017 seu primeiro álbum autointitulado. Gostaria que comentassem um pouco sobre esse trabalho. Como foram desenvolvidas as ideias que resultaram nessa estreia e como o público recebeu a banda? 

 

Vandrin Rodrigues: Referente ao primeiro disco. O trabalho ainda não era maduro como hoje. Muitas das músicas nós já tínhamos prontas em casa, engavetadas, as quais nunca havíamos colocado pra frente e resolvemos dar uma chance. Basicamente só entramos no estúdio pra gravar mesmo, tudo já estava pré-produzido, foi até relativamente rápido. A banda chegou meio de surpresa no cenário, mas no geral podemos dizer que foi uma recepção positiva.

 

Alquimia Rock Club: A música C.P.I. se destaque um pouco das demais, além de possuir um peso maior nas guitarras, a faixa chama atenção muito por conta de seu tema politico abordado que está bem explicito no próprio titulo da canção. Nosso país vive um momento complicado na política e gostaria de saber de vocês, o que pensam sobre o assunto? Isso os influencia de alguma forma?

 

Vandrin Rodrigues: O próprio nome da banda surge da ideia de que vivemos em uma distopia, formada justamente em grande parte por conta da situação política em que vivemos. Cantamos muito sobre como isso reflete na vida das pessoas, em seus sentimentos e em seus valores pessoais. A faixa CPI foi a primeira música que trabalhamos e praticamente nasceu com o projeto.

 

Alquimia Rock Club: A Distopia ainda é uma banda muito nova, como vocês veem a cena Rock atualmente (principalmente ai na região onde vocês residem), quais as dificuldades encontradas, expectativas e onde a Distopia se encaixa nesse contexto?

 

Vandrin Rodrigues: O cenário hoje não é o mesmo das bandas que nos influenciaram e que costumamos ouvir desde a adolescência. Mas sabemos que basta saber onde procurar. Tem muita banda boa surgindo, tanto aqui no país quanto fora. A principal dificuldade é muitas vezes não ter o mesmo espaço de outros estilos musicais, mas ao mesmo tempo isso fez o cenário underground crescer e com ele trazer muita coisa boa, bandas que não encontraram gravadoras começaram a produzir na garagem e a colocar na internet, abrindo infinitas possibilidades pra cena nacional e nos influenciando bastante na questão do "Faça você mesmo".

 

 

 

Alquimia Rock Club: Ainda sobre nossa cena, não é novidade pra ninguém que viver de música no Brasil não é algo fácil, no Rock então nem se fala. Vocês possuem outras atividades profissionais fora da banda? Se sim, comentem.

 

Vandrin Rodrigues: Todos somos músicos profissionais, gravamos em estúdios, tocamos nos principais bares da cidade. Mesmo no que se refere a trabalhar fora da banda, sempre estamos envolvidos com música.

 

Alquimia Rock Club: Vocês fizeram no começo do ano uma série de shows com a banda Os Últimos, passando por diferentes estados e cidades, como foram esses shows?

 

Vandrin Rodrigues: Foi uma ótima experiência pra gente. Principalmente ao lado dos amigos Os Últimos que estão com quase uma década de banda, aprendemos demais com eles. Foi uma tour de autoconhecimento, evoluímos demais e percebemos o que é ser uma banda de verdade, tocando em diferentes cidades, em diferentes palcos, e conseguindo driblar todas as dificuldades encontradas graças a parceria de todos os envolvidos.

 

Alquimia Rock Club: Vocês já divulgaram que estão trabalhando em um novo álbum, como está esse processo e o que o público pode esperar desse novo trabalho?

 

Vandrin Rodrigues: O processo ainda está bem no começo, mas já temos muito material em produção. Ainda é difícil de falar o que esperar, mas pretendemos entregar uma qualidade superior nas produções daqui pra frente.

 

Alquimia Rock Club: Além do novo álbum, quais os planos para o futuro próximo da banda? 

 

Vandrin Rodrigues: Temos alguns singles para serem lançados em processo de finalização e algumas novidades que poderão ser acompanhadas no nosso canal do Youtube ainda no primeiro semestre de 2019!

 

Alquimia Rock Club: Mais uma vez, agradecemos por concederem essa entrevista para o Alquimia Rock Club, o espaço é todo de vocês para darem um recado final ao público.

 

Vandrin Rodrigues: Nós gostaríamos de agradecer imensamente ao Alquimia Rock Club pelo espaço e também pedir para que acompanhem nosso canal no youtube e também o instagram @distopiabr que esse ano será bem movimentado para a banda!

 

 

O primeiro álbum da banda autointitulado está disponível nas plataformas digitais Spotify e Soundcloud:

 

https://soundcloud.com/distopia-music

https://open.spotify.com/artist/7BV6kK0si5cXDY6faAAWM9

 

 

 

Vídeos disponíveis:


Tempestade: https://www.youtube.com/watch?v=wn0FSQL5C7o

 

 

 

Por Acaso: https://www.youtube.com/watch?v=NHXtNYg4zQo

  

 

 

Primeira Vez: https://www.youtube.com/watch?v=5wX8yXwIMbw

  

 

 

Amor Sem Nexo: https://www.youtube.com/watch?v=z9X9D_bxWBs

  

 

 

Como Se Fosse Amanhã: https://www.youtube.com/watch?v=VlaKT9tigF0

 

 

 

Links:

http://bandadistopia.com.br/site/

https://www.instagram.com/distopiabr/

https://www.facebook.com/distopia911/

https://soundcloud.com/distopia-music

https://open.spotify.com/artist/7BV6kK0si5cXDY6faAAWM9 




André BG

Atual Editor Chefe

Apenas um cara que curte futebol, mulher e Rock 'n' Roll, bebe cerveja e torce para o Palmeiras!

Facebook: https://www.facebook.com/andre.alvesbg.5 

Instagram: https://www.instagram.com/andrealvesbg/




blog comments powered by Disqus